top of page

Da gestão e organização de empresas familiares

O nosso artigo deste mês será sobre um tema que cada vez mais tem enorme relevância na

sociedade e que é a Gestão das empresas familiares .


Desde uma pequena empresa a um multinacional, existem muitas empresas familiares que

constituem o núcleo do tecido económico actual. Na Europa dependendo do país,

representam entre 50% e 90% das empresas e 30% das empresas cotadas nas bolsas mundiais.




As empresas familiares têm muitas particularidades e enfrentam muitos paradoxos, por isso

necessitam de uma atenção especial.


São Conceitos Fundamentais da Gestão de Empresas Familiares os seguintes:

  •  Definição, relevância e abordagens conceptuais das empresas familiares;

  •  Compreender as dinâmicas familiares e os seus impactos nas empresas familiares; e

  •  O que significa ser dono de uma empresa familiar

A interferência da esfera privada no ambiente empresarial requer uma consideração ad hoc,

havendo três temas essenciais em torno dos quais as discussões devem ser organizadas: a

família, a empresa e a participação.


O principal objectivo de uma reflexão sobre a governança familiar é, em principio, chegar a

uma visão familiar comum da empresa a longo prazo, que assegurará a continuidade da

empresa, e, assim, da fortuna familiar. Os interesses do coletivo deve ter precedência sobre os interesses individuais.


Para evitar colectivos existem pré-requisitos indispensáveis tais como a flexibilidade

operacional, o elogio à transparência e a partilha de informação.


Cada situação exige uma abordagem singular tendo em conta o seu próprio contexto familiar e empresaria.

  •  Sabemos que os principais factores de tensão dentro das empresas familiares são:

  •  Desacordos sobre a estratégia da empresa e a sua visão a longo prazo;

  •  Critérios de aceitação de remuneração dos membros da família;

  •  Dificuldades de consulta entre os membros da família envolvidos na empresa e os

  • meros accionistas;

  •  Decisões sobre a distribuição de lucros;

  •  Tensão sobre a sucessão.

Se tem uma empresa familiar e precisa de aconselhamento sobre a melhor estratégia estamos ao dispor para o assessorar.


Somos uma equipa Multidisciplinar, com parceiros em todo o Mundo preparados para prestar

um aconselhamento jurídico personalizado.



 

Luísa Bráz é Advogada, Sócia da B-More e Embaixadora do Clube Mulheres de

Negócios de Portugal

luisa@b-more.pt

+351 914910220

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page