top of page

Tokenismo, cotas, sexismo, nepotismo… está tudo aí!



A dica hoje é o filme Talk-show: Reinventando a Comédia (2019), digirido por Nisha Ganatra, diretora canadense-americana de ascendência indiana, com roteiro assinado por Mindy Kaling, americana também de ascendência indiana, que se inspirou na própria vida para escrever o argumento. É ela ainda quem encarna uma das personagens principais.


O filme não é super novo, nem super original, mas a história é bem atual, sendo ainda uma comédia de bom gosto, inteligente, onde humor e drama convivem em perfeito equilíbrio. Sem falar que é estrelado por Emma Thompson que, só para variar um pouquinho, está divina no papel de Katherine Newbury, uma inglesa de temperamento forte que conquistou a fama nos Estados Unidos com seu humor ácido em um talk-show que leva seu nome e que já dura mais de 25 anos.


Acontece que Katherine está envelhecendo, assim como seu show e suas piadas. Seu assistente direto a aconselha a dar uma chacoalhada em sua equipe de criação e produção, composta apenas por homens brancos, para tentar um renascimento, ou, pelo menos, uma sobrevida para seu programa.

Assim, em uma atitude alinhada com a implementação de ações afirmativas para aumentar a participação de mulheres no mercado de trabalho, Katherine “aceita” contratar uma mulher, qualquer mulher, apenas para cumprir a cota e ficar bem na fita. Um perfeito exemplo do que se chama hoje de tokenismo. E é aí que aparece Molly Patel (uma excelente Mindy Kaling), jovem indiana de pele escura, ex-funcionária de uma fábrica de produtos químicos, cujo sonho é ser comediante, mas que não tem (quase) nenhuma experiência.


A partir desse mote, a trama vai se desenvolver em torno da relação entre a espontânea Molly e a arrogante e autoritária Katherine. Uma dupla (e uma história) que poderia facilmente cair no clichê, mas que por ter sido muito bem conduzida pela diretora, pela roteirista e também pela dupla de atrizes protagonistas, acaba dando certo. O que sobra é um filme divertido e rico em conteúdo, que trata de questões bastante pertinentes à vida das mulheres no mundo do trabalho: o envelhecer e sentir-se superada; o reinventar-se para continuar na luta; o valor das políticas de ação afirmativa; a meritocracia; o machismo, o nepotismo; e tantos temas mais.


Fora as questões relacionadas ao mundo laboral, há ainda uma bela crítica aos conteúdos e valores que mais vendem em tempos atuais, época de Influencers e Youtubers, que muitas vezes são alçados à fama apenas com futilidades e fofocas em seu cardápio (o que não é o caso de todos, por favor, me entendam!).


Talk-show: Reinventando a Comédia é um ótimo feel-good movie, escondido nos streamings por aí afora, e que merece muito ser visto e discutido por todas nós.


Netflix (Brasil, México, Portugal) e PrimeVideo (EUA)




Lilia Lustosa é doutora em História do Cinema e Embaixadora Master do Clube Mulheres de Negócios, México, e assina a coluna de Cinema do Blog do Clube.


Escritora, lançou recentemente seu livro Umbigo. Para falar com a autora pode deixar mensagem aqui, nas redes sociais ou diretamente nos grupos do Clube.


Acompanhe aqui o melhor do cinema.


Instagram de cinema: @cine.doiselles

94 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page